Controle remoto para Canon

Olá humano!

Bom, é facil imaginar que eu tenho uma camera para registrar as fotos que faço para usar aqui no blog. No inicio eu usava meu celular, mas com o tempo fui verificando a necessidade de usar um tripe, e conseguir algumas fotos com um pouco mais de qualidade e liberdade, e tambem precisei trocar de celular, e o novo tem uma camera muito inferior ao anterior. Com isso comprei uma camera DSLR, da Canon, modelo T3 (modelo de entrada, semi-profissional, da época).

Essa camera possui muitas funções (e como tudo na vida, ainda mais as opções mais baratas, não tem algumas opções interessantes como entrada de microfone externo), uma delas é a entrada para um controle remoto (permite acionar o foco automatico e disparar fotos). Eu poderia ter comprado um controle remoto pronto, ou fazer um. Como fica evidente, resolvi fazer um.

Material usado
Material usado

Continue lendo “Controle remoto para Canon”

Salão de beleza II – Wattimetro Hioki 3333

Olá humano!

Antes de prosseguir com o ‘embelezamento’ dos equipamentos da bancada, eu adquiri um equipamento novo, e como chegou na ultima semana, antes de ir para um local definitivo na bancada, resolvi já limpar seu case que veio levemente sujo. Nada demais, marcas de uso em bancada (parece ser de empresa, linha de montagem), mas com marcas de sujeira de manuseio e poeira, além de um adesivo identificado, no painel. Resolvi fotografar o processo de limpeza, já que fiz isso, resolvi colocar aqui essas fotos.

Hioki 3333
Hioki 3333

Continue lendo “Salão de beleza II – Wattimetro Hioki 3333”

Compra TCT e assistencia da Keysight

Olá humano!

Algum tempo atrás, eu fiz uma compra pela primeira vez na empresa TCT Brasil e gostaria de expressar aqui minha experiencia.

Fiz o cadastro e comprei pelo website, com cartão de crédito, um alicate amperímetro (clamp meter) da Keysight modelo U1194A. Pois eu precisava de um alicate deste para medir corrente continua.

Header_img
Figura 01

 

Continue lendo “Compra TCT e assistencia da Keysight”

Atualizar ou não atualizar, eis a questão.

Olá humano.

O post de hoje vai ser bem curto, e simples, pois neste começo de ano, peguei alguns serviços que estão consumindo a maior parte do meu tempo. Mas vamos ao que interessa.

Hoje em dia, quase todos os equipamentos, sejam de laboratório ou de uso pessoal, tem algum tipo de software. Os osciloscópios modernos (e outros equipamentos também) utilizam inclusive versões de sistemas operacionais conhecidos (como por exemplo, Windows CE, ou até mesmo Windows XP e 7), e é cada vez mais comum as conhecidas atualizações de firmware destes. Continue lendo “Atualizar ou não atualizar, eis a questão.”

GPIB no Delphi (placa da National)

Olá humano!

Demora em escrever à parte (ainda estou no final da graduação, peguem leve comigo! rs), vou colocar um pequeno passo, porém pode ser de grande valia para mais alguém, em sobre a comunicação GPIB em Delphi (ou Kylix, ou Lazarus).

Bom para quem não conhece o GPIB (General Purpose Interface Bus), ou ainda HP-IB ou IEEE-488, foi desenvolvido pela Hewlett-Packard (HP) na década de 60, por isso já foi conhecido (naquela época) por HPIB (Hewlett-Packard Instrument Bus), para a interface com seus instrumentos de medição. Alguns anos depois, a HP licenciou este protocolo que foi bastante usado por outros fabricantes de equipamentos de teste e medição. Posteriormente, em 1975, o IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers) padronizou este barramento.

Cabo GPIB
Figura 01: Cabo GPIB

Continue lendo “GPIB no Delphi (placa da National)”